Portugal-Meu pobre Portugal, hei-de chorar-te!

Objectava a si próprio o poeta Herculano, que a saudade é absurda do ponto de vista moral.

Esquema conceptual, pensamentos ou sentimentos.


Um país onde um cidadão de 81 anos após ter cumprido 10 anos de mandato como Presidente da República decide recandidatar-se para salvar o país de um fantasma, atraiçoando um amigo de longa data.
Um país onde três candidatos autárquicos com fortes probabilidades de vencer estão indiciados por processos fraudulentos.
Um país onde uma outra candidata, é candidata com mandato de prisão emitido e tem toda uma cidade a aguarda-la.
Um país onde o único escritor galardoado com o prémio Nobel da Literatura vive no país vizinho.
Um país onde o maior sucesso nacional do ano é um disco de originais de um músico que morreu há quinze anos.
Um país de onde é oriundo aquele que é considerado o melhor treinador de futebol da actualidade, cujo seleccionador nacional é estrangeiro.
Esse país estranho
Labutação…..Moio
Conforto….. Tapar
Emurchecer……referendário
Sorva…. Entrosar
Inimizade…iníquo
-Meu pobre Portugal, hei-de chorar-te!
Share To:

Post A Comment:

0 comments so far,add yours

width='100%'/>